ao vivo
Agora: SESSÃO CÂMARA MUNICIPAL (REPRISE)
Obtendo...
00º C
Obtendo cidade
Obtendo tempo...
terça
27 de fevereiro
2024

Exposição desIGUAL: Uma Jornada Artística que Inquieta e Transforma

Por redação TVitapê
schedule sexta, 02/02/2024 as 16:55
Foto: Divulgação

A partir de hoje, 2 de fevereiro, o Museu Paulo Setúbal, localizado em Tatuí, abrirá suas portas para receber a exposição desIGUAL, uma iniciativa da renomada artista visual Thays Leonel. A mostra, contemplada pelo ProAC 2023 (Programa de Ação Cultural de São Paulo), promete inquietar o público ao abordar as complexidades e desafios enfrentados pelas mulheres em sua busca por plena existência social.

A trajetória da exposição desIGUAL teve início em janeiro de 2023 no Centro Cultural de Itapetininga-SP, e agora chega a Tatuí com mais de 40 obras que destacam os limites e negligências presentes na vida das mulheres. A curadora Giovanna Trevelin destaca que a exposição chama a atenção para diversas questões, como as desigualdades entre os sexos e suas interseções com raça e classe, a falta de representatividade das mulheres na esfera pública e as violências estruturais sofridas por elas, tanto físicas quanto emocionais.

A proposta de Thays Leonel vai além de simplesmente expor obras de arte. Ela busca provocar reflexões profundas por meio de uma experiência que mistura estatísticas e sensações, criando uma verdadeira semente de transformação social. A curadoria de Giovanna Trevelin ressalta que desIGUAL é um convite à inquietação, um espaço de diálogo e conscientização sobre as questões que permeiam a vida das mulheres na sociedade contemporânea.

A abertura da exposição acontecerá na noite do dia 2 de fevereiro, às 19h, e contará com a presença da DJ Julia Günther de Itapetininga, que promete embalar o público com um set musical repleto de canções femininas. Além disso, haverá um coquetel para celebrar a inauguração. A mostra ficará em cartaz entre os dias 3 e 23 de fevereiro de 2024, proporcionando aos visitantes a oportunidade de mergulhar nas expressões artísticas e nas mensagens provocativas de Thays Leonel.

Uma iniciativa interessante é a visita guiada programada para o dia 5 de fevereiro, destinada a professores e arte-educadores da cidade. Essa ação busca estreitar a relação entre a exposição e a comunidade educacional, incentivando a discussão e o aprendizado a partir das obras expostas.

Após a passagem por Tatuí, desIGUAL seguirá para outras duas cidades do estado no primeiro semestre de 2024: o FAMA Museu em Itu e a Pinacoteca de Jundiaí. Thays Leonel, a mente criativa por trás da exposição, é uma artista transdisciplinar que utiliza arte e tecnologias para desafiar o status quo de maneira lúdica, poética, política e informativa.

Seu processo artístico, experimental e intuitivo, envolve uma variedade de materiais coletados em seu acervo pessoal, que inclui desde objetos do cotidiano até materiais orgânicos. A artista, que retornou para sua cidade natal, Itapetininga, em 2020, decidiu seguir profissionalmente como artista visual no segundo semestre de 2022. Desde então, Thays Leonel já foi selecionada para nove exposições coletivas e produziu duas individuais.

A curadora Giovanna Trevelin, pesquisadora, curadora e professora, destaca-se por suas contribuições nas áreas de História da Arte, História das Mulheres e História do Brasil. Seu trabalho foca na formação e atuação artística de mulheres brasileiras nos séculos XIX e XX, abordando a participação feminina no processo de independência do Brasil.

A DJ Julia Günther, que estará presente na abertura da exposição, é uma apaixonada por música, atuando como professora de música na rede pública e particular em Itapetininga. Sua especialização em musicalização infantil e formação para educação musical no Conservatório de Tatuí a torna uma profissional que incentiva seus alunos em suas aventuras sonoras.

DesIGUAL é mais do que uma simples exposição de arte; é uma narrativa visual que busca transcender os limites da criação artística e envolver o público em uma reflexão profunda sobre as questões de desigualdade enfrentadas pelas mulheres. A exposição é um convite à participação ativa na construção de um diálogo sobre igualdade e transformação social. Não perca a oportunidade de vivenciar essa experiência única no Museu Paulo Setúbal, em Tatuí, de 3 a 23 de fevereiro de 2024.

Compartilhe: Facebook Twitter Whatsapp

Veja tambem...

TVI
UNIVERSO DO BEM
PRATOS E PAPOS
TL
CONTROVERSA

Itapetininga

PRATOS E PAPOS
TL
UB

Últimas Notícias

Economia