ao vivo
Agora: O BRASIL VISTO DO CHÃO
Obtendo...
00º C
Obtendo cidade
Obtendo tempo...
sábado
13 de julho
2024

Simone Marquetto é relatora da PL que cria a Rota Turística do Circuito de Frutas

schedule quinta, 04/07/2024 as 14:38

Por Maria Martins/TVItapê: Fonte/Foto – Reprodução Simone Marquetto 

Na Comissão de Turismo, da Câmara Federal, nesta quarta-feira, dia 03 de julho, a deputada federal do MDB-SP, Simone Marquetto, foi a relatora do Projeto de Lei 301/2024, de autoria do deputado federal Marangoni, do UNIÃO/SP, que cria a Rota Turística do Circuito das Frutas, contemplando um conjunto de 10 Municípios do Estado de São Paulo, com o objetivo de favorecer o desenvolvimento do potencial turístico da região.

O turismo é uma atividade já consolidada na região, de forma que a proposição seria a oficialização, em caráter nacional, de uma região turística que já opera em conjunto há largo tempo. “Coube-nos a relatoria desta matéria, que tem como objetivo criar a Rota Turística do Circuito das Frutas, formada pelos municípios paulistas de Atibaia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Valinhos e Vinhedo. A região seria vocacionada para os segmentos de turismo cultural, rural, histórico e científico”, destacou Simone Marquetto.

Ainda segundo a Deputada, o deputado federal Marangoni, autor da PL, em sua justificativa faz uma bela descrição das riquezas turísticas de cada município. Os municípios já perfazem um arranjo turístico conhecido como Circuito das Frutas, instituído pelo Decreto 47.180/2002 do Estado de São Paulo. A formação de arranjos produtivos locais de turismo por meio de roteirização turística, tal como propõe o autor, é uma alternativa muito mais efetiva para o desenvolvimento turístico local do que a atuação de cada município feita de forma isolada.

As frutas da região, derivam uma atividade turística, por exemplo, eventos como Festas da Uva, do Morango, do Caqui, da Goiaba e do Figo. O turismo rural, atividade tão valorizada pela experiência proporcionada ao turismo, estaria umbilicalmente ligado ao tema. A gastronomia, é o que mais captura o turista, conquistando pelo paladar, é também a materialização de processos culturais repassados entre gerações e aprimorados continuamente. O campo é usado para atividades ao ar livre de grande apelo turístico como cavalgadas, pescarias, cicloturismo, turismo off-road, entre outros.

“Não temos dúvidas de que a criação da rota proposta é legítima, de forma que nosso apoio é mais do que indicado. Os efeitos da criação da rota são diversos e muito positivos, como o fortalecimento da identidade regional, agregação de valor aos produtos turísticos, facilitação de acesso ao crédito, criação de melhores estratégias de desenvolvimento comum e tantos outros mais. O autor tem, por todo o exposto, o nosso apoio, motivo pelo qual, nosso voto é pela aprovação do PL”, finalizou a deputada federal Simone Marquetto.

Compartilhe:
Facebook Twitter Whatsapp

TVI
TL
UNIVERSO DO BEM

Itapetininga

UB
TL

Últimas Notícias